terça-feira, 2 de março de 2010

auto-retrato

Olhos nos olhos
Eu e tu; tu e eu
O que consegues ver?
A lua? O mar? O mundo?
Olhos nos olhos
Eu e tu; tu e eu
O que consigo ver?
O sol? O oceano? O planeta?
Olhos nos olhos
Eu e tu; tu e eu
O que conseguimos ser?
Olhos nos olhos
Eu e tu; tu e nós
O que consegues ver de mim?
Olhos nos olhos
Eu e tu; tu e tu
O que consegues ver nos meus olhos?

4 comentários:

  1. Eu vejo uma pessoa que alberga uma mente com muito para dar a conhecer ao mundo. Uma alma com medos, medozinhos, mas lutadora, certo? Uma mente cheia de boas e grandes ideias! Uma pessoa boa... e risonha.
    E tu o que vês? =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. que querida!
    mas não lhes chamaria medos.. gosto de dizer que são fantasmas e bichos da minha cabeça.
    em que vejo em mim? ou em ti?
    em mim, costumo dizer que não vejo nada mas que "tenho em mim todos os sonhos do mundo" e em ti, acredites ou não, vejo-me a mim de uma forma mais segura e inteligente.

    ResponderEliminar
  3. É o teu auto-retrato... Referia-me a ti, claro.
    Sabes, os teus "fantasmas e bichos" só chateiam... são eles que não deixam "todos os sonhos do mundo" deixarem de ser sonhos e passarem a ser situações reais, ou, pelo menos, vividas. Tu sabes isso.
    Quanto a te veres em mim numa "forma mais segura e inteligente"... então se te vês... tu és isso. A segurança e a inteligência não se medem por QI's ou merdas do genero (desculpa o termo)! Tu és inteligente e isso vê-se a léguas, mas é preciso desenvolveres isso, aproveitares BEM isso e ignorar tudo o resto que não importa!
    Eu calo-me... xD

    + beijinhos

    ResponderEliminar
  4. eu sei disso, sei mesmo. e até sei que é isso que não me deixa avançar e correr atrás!
    talvez seja isso, mas não o demonstro.. aliás, como dizes não o aproveito. É MUITO MAU!
    odeio isso dos QI's e tudo o que representam. se fossemos por ai não sei ode estava o mundo real e aquio que cada um é.. não gosto de olhar as pessoas pela sua inteligência cerebral. gosto de olhar para as pessoas de igual para igual e descobrir nelas a inteligencia de saber ser pessoa, de saber etar e acima de tudo de ser alguém natural e verdadeiro. é isso que tento ser sempre :)
    ñ precisas de te calar pq eu gosto muito de falar contigo *
    muitos beijinhos

    ResponderEliminar

Posso não concordar com nenhuma das palavras que tu disseres, mas defenderei até à morte o direito de tu as dizeres.
Voltaire