segunda-feira, 1 de novembro de 2010

um bilhete perdido que fiz a pensar em ti!


hoje apetece-me estar contigo!
dar-te a mão e deixar-me ir.
hoje queria ver os teus olhos de mocho e ver o teu sorriso brilhante!
dar-te beijinhos e dizer-te que és a cura de todos os males.
hoje senti saudades tuas numa brisa de vento e decidi que me prendi a ti para sempre *

4 comentários:

Posso não concordar com nenhuma das palavras que tu disseres, mas defenderei até à morte o direito de tu as dizeres.
Voltaire