sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

conversas de café!


- Ele sabe que gostas dele? - olhamos uma para a outra e eu riu-me.
- Que eu lhe tenha dito, não. Agora se alguém lhe disse não faço ideia!
- A sério? Eu achava que ele sabia e que tu lhe tinhas dito.
- Achas que sim? - riu-me e tu ficas sem saber o que estou a esconder-te - Não sei se devo dizer-lhe ou não.
- Mas diz-me se o teu sentido mais apurado aponta para que sim, para que ele goste de ti? - volto-me a rir que nem uma perdida. não sei se mesmo o que pensar e então riu-me do que dizes.
- Pergunta-lhe! É a maneira mais certa de saberes a verdade.
- Achas que lhe vou perguntar? Logo eu que nem falo muito com ele, vai dar imenso nas vistas. Mas acho que lhe devias dizer, assim também tu sabias.
- Pois, talvez. Mas não sei se isso é o melhor. Já lhe neguei tantas vezes esse sentimento, já lhe respondi que não a tantas vezes que me perguntou que não sei o que será melhor.
Pegamos nas nossas coisas e fomos embora. Eu com as tuas palavras na cabeça e com ele no olhar e tu com a minha insegurança nas mãos e as minhas gargalhadas no ouvido!

30 comentários:

  1. Adorei
    hahaha
    colocar a converça em dia
    XD

    ResponderEliminar
  2. por mais que neguemos tal sentimento ele vem sempre ao de cima, mais dia, menos dia.

    ResponderEliminar
  3. claro que tenho. gostei fofinhaaa <3

    ResponderEliminar
  4. também já tive destas conversas, adoro! e obrigada :) *

    ResponderEliminar
  5. de nada princesa <3 e olha eu acho que lhe devias dizer, acho que não vale de nada esconder o que sentimos *

    ResponderEliminar
  6. oh pois e depois ficamos com aquela carinha de tolas e quem está do outro lado percebe logo. **

    ResponderEliminar
  7. achas que ele vai reagir mal é? :/

    ResponderEliminar
  8. podes crer! e quem nos conhece bem é o primeiro a perceber, o que até enerva, ás vezes. **

    ResponderEliminar
  9. como eu percebo. eu que sei disfarçar muito bem, quando tento com alguém que basta olhar para os meus olhos e já sabe que não é bem o que me sai pela boca, não consigo. **

    ResponderEliminar
  10. percebo claro. mas pronto eu se fosse a ti falava calmamente com ele explicava-lhe tudo..

    ResponderEliminar
  11. Mas não devia,eu esforço-me tanto para que as coisas fiquem bem, porque é que ele não faz o mesmo?
    Porque é que eles são tão preguiçosos e complicados?!

    ResponderEliminar
  12. Estou a seguir,adorei o blogue :)

    ResponderEliminar
  13. Ai,mas desta vez não vou ser assim tão facil,não vou mesmo.*
    E obrigada :)

    ResponderEliminar
  14. conversas de café. ás vezes dizem tanto. só espero que não deixes que chegue tarde demais, até ele saber o que sentes..

    ResponderEliminar
  15. eu não conheço a história. nem a ti. nem a ele. mas sabes uma coisa? o medo é o pior inimigo do amor. e não deves deixar que seja ele a estragar a tua/vossa felicidade. arrisca!

    ResponderEliminar
  16. Pois, mas quero que ele perceba que não será sempre assim que o que ele me faz magoa.

    ResponderEliminar
  17. força. arrisca! nunca sabes o que te espera. eu torço por ti :b

    ResponderEliminar
  18. uma grande viagem alucinante! ♥

    ResponderEliminar

Posso não concordar com nenhuma das palavras que tu disseres, mas defenderei até à morte o direito de tu as dizeres.
Voltaire