terça-feira, 22 de março de 2011

aceitas que seja assim?


Amemo-nos tranquilamente, pensando que podíamos
Se quiséssemos, trocar beijos e abraços e carícias,
Mas que mais vale estarmos sentados ao pé um do outro
Ouvindo correr o rio e vendo-o.

Ricardo Reis, Vem sentar-te comigo, Lídia, à beira rio.


Seria pedir-te muito que assim fosse? eu preferia e era tão melhor para os dois. eu podia imaginar que te tinha e que tudo era como eu queria. mas isso ficava apenas na minha mente, no meu pensamento! se assim não quiseres eu mudo e aceito. mas pensa, era o melhor para os dois e não haveria mais dor nem sofrimento.
só amor. amor e paz!

4 comentários:

Posso não concordar com nenhuma das palavras que tu disseres, mas defenderei até à morte o direito de tu as dizeres.
Voltaire