quinta-feira, 4 de agosto de 2011

apenas isto!


preciso de amor, de paz e de compreensão.
preciso de menos porquês e mais entendimentos.
preciso de um "sim", de um "talvez" ou de um "nim".
preciso de sair daqui, de ir ali e de ficar acolá.
preciso de mim, do meu mundo, do espaço que me envolve.
preciso de um tu, de um nós, de um até amanhã.
preciso de tudo e de nada!
apenas preciso.

4 comentários:

Posso não concordar com nenhuma das palavras que tu disseres, mas defenderei até à morte o direito de tu as dizeres.
Voltaire