domingo, 21 de março de 2010

pesos diferentes; apenas um pode ganhar!


E mais uma vez me perdi nos teus braços, me deixei levar pelo desejo e pela saudade de te ter.
Hoje, tudo voltou ao normal! Estou sozinha, sem ninguém.
E tu esqueceste tudo o que eramos, fomos e podiamos vir a ser.. que dor no peito!
Talvez agora eu saiba que aquilo que sentimos pelos outros não pode ser superior ao que sentimos por nós mesmos, mas mesmo assim, eu amo-te meu amor!

2 comentários:

  1. fantástica és tu e tudo aquilo que te vai na alma. és tão crescida, tão completa. adoro ler cada palavra tua, tão simples, mas no fundo, não tão simples quanto isso.
    posso perguntar o que queres dizer com isso, pequenina? :x
    nem sempre é bom, nem sempre. como tudo na vida, o amor tem as duas faces da moeda. é bom quando tem que ser, quando consegue ser. mas quando não consegue, é dos piores males do mundo. mas é assim mesmo, temos que aprender com as nossas decisões, com os nossos erros, faz parte.

    "Talvez agora eu saiba que aquilo que sentimos pelos outros não pode ser superior ao que sentimos por nós mesmos, mas mesmo assim, eu amo-te meu amor!" perfeito, simplesmente. um abraço do tamanho do mundo, minha li! <3

    ResponderEliminar
  2. não sou nada fantástica rose, apenas digo o que sinto, o que vejo e o que toca.
    sim, o amor acima de todas as coisas tem sempre as duas fases da moeda e isso é o pior e quem sabe também o melhor! irrita-me o facto de saber que tudo pode mudar a qualquer momento e que ficamos perdidas e a morrer de saudades de tudo.. mas enfim, é o amor e eu tenho muito respeito por ele.
    obrigada meu amor, muito obrigada!

    um beijinho muito especial *

    ResponderEliminar

Posso não concordar com nenhuma das palavras que tu disseres, mas defenderei até à morte o direito de tu as dizeres.
Voltaire