quarta-feira, 29 de setembro de 2010

eu vou com as aves!


Há dias assim, em que o vento corre na direcção errada e as aves andam perdidas!
E é nesses dias que eu gostava de ser ave. Não para me perder, mas para me poder levar por marés de outros dias que não os meus.
A monotonia nem sempre é uma coisa boa, por vezes torna-se rude e mesquinha! É por isso que queria ser ave. Ave por um dia, e poder desfrutar de uma leve e louca aventura por um elemento que não é o meu.
E mais tarde, quem sabe, poder tomar essa como a minha viagem e ser feliz assim. A sonhar como uma criança que quer aprender a voar. Mas eu, com a sorte de ser mesmo uma ave!
Agora adeus, eu vou com as aves.

7 comentários:

  1. A-D-O-R-E-I *.*
    Obrigada querida.

    ResponderEliminar
  2. Nao precisas de agradecer (:

    ResponderEliminar
  3. Também gostava de um dia ser ave...livre voar sem destino nem duração... ;)

    ResponderEliminar
  4. já sabes a minha opinião em relação ao que escreves... só te quero dizer que te compreendo bem s:

    ResponderEliminar

Posso não concordar com nenhuma das palavras que tu disseres, mas defenderei até à morte o direito de tu as dizeres.
Voltaire